Os benefícios do Pilates na Fibromialgia

Sensação de corpo cansado, como se não tivesse pregado o olho a noite inteira, com alterações de humor durante o dia e sentindo dores em alguns pontos do corpo? Estes podem ser alguns dos sintomas de Fibromialgia. De causa desconhecida e sem cura, a síndrome se detecta em sua maioria nas mulheres, principalmente nas que estão no período pós-menopausa.

Atualmente sabe-se que a fibromialgia é uma forma de reumatismo associada à  sensibilidade do indivíduo frente a um estímulo doloroso. O termo reumatismo pode ser justificado pelo fato de a fibromialgia envolver músculos, tendões e ligamentos. O que não quer dizer que acarrete deformidade física ou outros tipos de sequela.

O método PILATES, por sua vez, age como um grande aliado aos casos de fibromialgia, pois o fortalecimento e alongamento muscular estão presentes em todo momento nos exercícios de forma suave, e progressiva, sempre respeitando a fisiologia muscular e biomecânica articular de cada indivíduo. Através do direcionamento dos programas de exercícios de PILATES para cada caso de fibromialgia, observa-se o alívio da dor, a restauração da amplitude de movimento e da flexibilidade, bem como a melhora da capacidade de se concentrar e executar as atividades da vida diária, muitas vezes prejudicadas pela doença, assim conduzindo a uma qualidade de vida otimizada.

Dra. Marinês Toigo – Crefito 10411- F